Lorem ipsum dolor sit amet, ad vel labores constituam, an nec amet lucilius, ponderum assentior repudiandae eam ei. Vel saperet tincidunt an, amet dicta putant mea ad. Te moderatius sadipscing voluptatibus qui, nostro mentitum sententiae an nec, qui ut alii urbanitas. Eum wisi quaestio expetendis cu, sea reque invidunt assueverit te. Nostrum eligendi atomorum mea id.

His ne eius possim explicari, quas liber vivendo ex qui. Cu fuisset vulputate consequuntur has, sea ei affert tempor scribentur, illum summo pro in. Et posse invidunt quo, in euismod bonorum nominavi per, civibus pertinax eum et. At nec nobis blandit adversarium, justo legimus scriptorem cu has, usu in viris soleat. Ne vel fabellas platonem, tacimates voluptaria adversarium his ea.

Pri justo aeque delicata ea, pro omnium intellegat ea, vero euismod contentiones ne eum. Pro scaevola deseruisse ut. Inermis deleniti interpretaris cu vis, accusamus consulatu sed ne, his ut omnesque mnesarchum. Soluta iudicabit et pro, id eruditi accommodare mei, ei esse eius malis eos. Has ea sumo vidit dicat. Ad integre assueverit eam.

Et mea possit hendrerit aliquando, per at quando pericula reprehendunt. Paulo periculis duo id. Nec ut accommodare reprehendunt, nostro dissentiunt eos id. Nibh nostrud te nam, vocent praesent pro ei. Ut has ignota phaedrum, vis ut tota dolor exerci.

Sea ea enim tantas, tritani eruditi vivendum an per, modus animal recteque cum ut. Imperdiet prodesset dissentiet eam te, persius delenit detracto nam id, detracto molestiae ex pro. Et per ferri moderatius, summo consulatu ex per, movet atomorum vim ut. An cum fierent iudicabit, principes interpretaris ad nec. Has movet feugiat cu, id iudicabit sententiae sit.

Em novembro de 2017, o STF (Superior Tribunal Federal) criou uma lei que proíbe a extração, a industrialização, a comercialização e a distribuição de amianto no país, ou seja, a legislação no Brasil veta qualquer Estado de adotar uma lei que libere seu uso. Esta lei estadual tem como proibição o uso devido à exposição à poeira do mineral que pode causar doenças carcinogênicas e, uma vez dentro do corpo humano, a substância nunca mais é eliminada. O risco surge principalmente quando o material é partido ou rachado e seu pó é liberado no ambiente. O amianto pode ser encontrado em diversos tipos de produto, tais como:
  • Telha de amianto, caixas d’água de cimento-amianto;
  • guarnições de freio (lonas e pastilhas), juntas, gaxetas, revestimentos de discos de embreagem;
  • tecidos, vestimentas especiais;
  • pisos, tintas, forro, isolantes térmicos, etc.
Toda a remoção de resíduos de construção civil que contenham amianto (telhas, caixa d'água de amianto) e a disposição de produtos como guarnições de freio, juntas etc. (listados acima) precisam ser analisadas para definir o local de descarte ambientalmente correto. O Bachema possui equipamentos de última geração e profissionais qualificados para fazer análise, identificar e quantificar os diversos tipos de amianto como a crisotila e os anfibólios (amosita, antofilita, tremolita, actinilita, crocidolita) em materiais, com a metodologia acreditada pela CGCRE, de acordo com os requisitos da norma ABNT NBR ISO/IEC 17025. Estas medidas são importantes para controle e prevenção.

Amostragem

Oferece também serviços de amostragem de amianto (asbesto) em ar. Suas metodologias são acreditadas pela CGCRE (Coordenação Geral de Acreditação), conforme os requisitos da norma ABNT NBR ISO/IEC 17025, para:
  • Amostragem de amianto (asbesto) em ar com filtro específico.
 

Privacy Preference Center