Análise de Água

Análise de Água | Amostragem de Água superficial | Amostragem de Água Subterrânea | Análise de Compostos Orgânicos e Inorgânicos | Análise de composto microbiológicos | Análise de Potabilidade

  • Acreditado pela CGCRE e Certificado em Órgãos Ambientais
  • Equipe técnica especializada em Serviços de Análises Ambientais
  • Mais de 20 anos de experiência em Amostragem de Água
  • Orçamento rápido, em menos de 24 horas na sua caixa de e-mail.

Contate-nos para Orçamento Rápido

Laboratório especializado em serviços de Análises Ambientais em Água

A utilização da água, seja para uso geral ou consumo humano, é regulada por legislação específica e monitorada por órgãos estaduais e municipais. O objetivo final é garantir o controle de qualidade da água para consumo humano e da poluição, visando o respeito ao meio ambiente, ao usuário e à perenidade do uso da fonte.

O Bachema possui a acreditação NBR ISO/IEC 17025 e a capacidade técnica para a realização de serviços de amostragem e análise da qualidade da água doce, salina e salobra. A atuação principal do laboratório é na análise de água doce – subterrânea e superficial, oferecendo um escopo completo de análises físico-químicas, tais como:

  • VOC – compostos orgânicos voláteis;
  • SVOC – compostos orgânicos semivoláteis;
  • TPH – hidrocarbonetos totais de petróleo;
  • PAH – hidrocarbonetos policíclicos aromáticos;
  • PCB – bifenilas policloradas;
  • pesticidas organoclorados e fosforados;
  • metais pesados;
  • sais e ânions;
  • pH, entre outros.

Atendendo integralmente às legislações vigentes, o Bachema oferece a seus clientes os resultados mais confiáveis de parâmetros de qualidade da água para as seguintes matrizes:

Águas subterrâneas

O Bachema realiza análise de água subterrânea proveniente de poços artesianos (tubulares profundos ou não) e poços de monitoramento, com o objetivo de garantir a proteção dos aquíferos durante toda a vida útil do poço.

O poço artesiano deve ter uma avaliação frequente ao que se refere aos padrões de qualidade de água subterrânea, sendo que as legislações a serem cumpridas ao longo da vida útil do poço são:

  • Portaria DAEE no 717, de 12/12/1996, relativa à Outorga de Direito de Uso dos Recursos Hídricos, ou seja, na construção do poço – o relatório técnico para a obtenção da outorga de perfuração e funcionamento do poço deve incluir análises de parâmetros físico-químicos e biológicos da qualidade da água;
  • DD no 256/2016/E, de 22/09/2016, da CETESB – Valores Orientadores para Solo e Água Subterrânea no Estado de São Paulo;
  • Resolução CONAMA no 396, de 03/04/2008 – dispõe sobre a classificação e as diretrizes ambientais para o enquadramento, a prevenção e o controle da poluição das águas subterrâneas;
  • Portaria de Consolidação MS-GM no 5 (antiga portaria 2914) – dispõe sobre os procedimentos de controle e vigilância dos parâmetros de qualidade da água da de poços artesianos para consumo humano e seu padrão de potabilidade.
  • Resolução CONAMA nº 420, de 28/12/2009 – dispõe sobre critérios e concentrações de substâncias químicas que fornecem orientação sobre a qualidade e as alterações do solo e da água subterrânea.

Águas superficiais

São águas provenientes de rios, riachos, lagoas, lagos e córregos, tecnicamente chamados de corpos de água. A Agência Nacional das Águas (ANA) classifica os corpos de água conforme a meta de qualidade e a utilização pretendida.

O Bachema realiza análises de águas superficiais de acordo com as seguintes legislações:

  • Resolução CONAMA no 357, de 17/03/2005 – dispõe sobre a classificação e as diretrizes ambientais para o enquadramento dos corpos de água superficiais e as condições e padrões de lançamento de efluentes;
  • Resolução CONAMA no 430, de 13/05/2011 – dispõe sobre condições, parâmetros, padrões e diretrizes para a gestão do lançamento de efluentes em corpos de água receptores.

Dependendo da utilização da água (ex.: consumo humano), a atividade usuária deve seguir também as legislações pertinentes.

Água para o consumo humano e seu padrão de qualidade da água

É obrigatória a análise de potabilidade de água destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e higiene pessoal, independentemente de sua origem.

O Bachema realiza análise de água para consumo humano de acordo com as legislações que controlam ao padrão de qualidade da água, tais como:

  • Portaria de Consolidação MS-GM no 5 (antiga portaria 2914) – dispõe sobre os procedimentos de controle e vigilância do índice de qualidade da água de poços artesianos para consumo humano e seu controle de qualidade da água;
  • Resolução SS 65, de 12/04/2005 – estabelece os procedimentos e as responsabilidades relativos ao controle e à vigilância da qualidade da água para o consumo humano no Estado de São Paulo e dá outras providências.

Amostragem de águas

O Bachema oferece também serviços de amostragem de água, reforçando a credibilidade e a qualidade de tais serviços, desde a coleta até a entrega dos resultados analíticos. As metodologias de análise são acreditadas pela CGCRE (Coordenação Geral de Acreditação), conforme os requisitos da norma ABNT NBR ISO/IEC nº 17025, para:

  • Águas superficiais;
  • Água para consumo humano;
  • Minas e poços artesianos;
  • Águas subterrâneas.


Condomínios, Escritórios, Hotéis, Shopping Centers

Com o objetivo de verificar a qualidade das águas de consumo em hotéis, o Bachema oferece serviços de amostragem e análises físico-químicas periódicas em diversos pontos de coleta, tais como:

  • bebedouros;
  • torneiras;
  • filtros;
  • reservatórios;
  • caixas d’água;
  • piscinas;
  • saídas de estações de tratamento de água.

O monitoramento rotineiro dessas águas garante a total satisfação e segurança para a saúde e o bem-estar dos hóspedes e colaboradores.

O Bachema dispõe de pessoal capacitado, equipamentos de amostragem e medição e metodologia analítica qualificada para auxiliar os hotéis quanto aos parâmetros e controle da qualidade da água.

Os resultados analíticos são comparados com valores permitidos pela legislação vigente.


Indústria

O Bachema mantém parcerias com empresas de consultoria ambiental que atuam em projetos de remediação e gerenciamento de áreas contaminadas, por meio da realização de serviços de amostragem e análises físico-químicas de compostos de interesse.

Temos expertise em análises orgânicas (VOC, SVOC, TPH, PAH) e inorgânicas (metais, sais, entre outras), assim como uma infraestrutura própria com equipamentos e equipe de técnicos qualificados.

Além de realizar análises de solo, água e resíduos para as avaliações e monitoramentos ambientais, oferecemos ensaios de tratabilidade (ensaios de bancada e/ou sistema-piloto) de solo e água que possam subsidiar estudos de viabilidade técnica e econômica a serem aplicados em projetos de reabilitação de áreas contaminadas.

Desde 2017, o ensaio de bancada se tornou uma exigência da CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), conforme definido na Decisão de Diretoria DD nº 38/2017/C, de 07/02/17.


Consultoria Ambiental

O Bachema mantém parcerias com empresas de consultoria ambiental que atuam em projetos de remediação e gerenciamento de áreas contaminadas, por meio da realização de serviços de amostragem e análises físico-químicas de compostos de interesse.

Temos expertise em análises orgânicas (VOC, SVOC, TPH, PAH) e inorgânicas (metais, sais, entre outras), assim como uma infraestrutura própria com equipamentos e equipe de técnicos qualificados.

Além de realizar análises de solo, água e resíduos para as avaliações e monitoramentos ambientais, oferecemos ensaios de tratabilidade (ensaios de bancada e/ou sistema-piloto) de solo e água que possam subsidiar estudos de viabilidade técnica e econômica a serem aplicados em projetos de reabilitação de áreas contaminadas.

Desde 2017, o ensaio de bancada se tornou uma exigência da CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), conforme definido na Decisão de Diretoria DD nº 38/2017/C, de 07/02/17.


Construção Civil

O Bachema oferece a seus clientes análises físico químicas para a caracterização de resíduos provenientes de construções civis ou de obras sustentáveis (certificação de selos verdes).

A classificação dos resíduos é realizada conforme a norma ABNT/NBR nº 10.004, quanto a seus riscos potenciais ao meio ambiente, à saúde pública e seu gerenciamento adequado.

Aquisição de áreas para incorporação

Durante o processo de aquisição de um terreno/área (fusões e aquisições), faz-se necessária a realização de análise química de solo e análise de água subterrânea para a obtenção de licenças ambientais e/ou linhas de crédito, especialmente se as áreas de interesse forem áreas contaminadas.

O Bachema possui experiência e capacidade técnica para auxiliar na análise dos mais diversos contaminantes – orgânicos, inorgânicos e microbiológicos.

Remoção de resíduos

O Bachema oferece serviços de amostragem, análises e classificação de solos e resíduos provenientes de terraplenagem, escavações, construções civis, entre outros.

Tal classificação e caracterização, realizada conforme a norma NBR nº 10.004, é fundamental para a definição adequada da destinação do solo e resíduos contaminados, preservando, desta forma, o meio ambiente e a saúde pública.

Análise de amianto

Muitos dos materiais usados na construção civil, tais como revestimentos, telhas, cimento-amianto, pisos, etc., podem apresentar alto potencial de amianto.

É fundamental a realização da análise do amianto nos materiais provenientes de obras para a definição da destinação correta. Essa avaliação tem como prevenção no impacto ambiental.


Agronegócio

Em construção!


Logística de Frascaria e Coleta de Amostras

Equipe técnica especializada na coleta e separação de amostras e, separação e despacho de frascarias para todo o Brasil, seguindo as exigências dos órgãos reguladores.


Legislações Ambientais

O Bachema é acreditado pela CGCRE (Coordenação Geral de Acreditação), conforme os requisitos da norma ABNT NBR ISO/IEC nº 17.025, para análises laboratoriais e amostragem em diversas matrizes.

Anualmente, o laboratório participa de exames de proficiência nacionais e internacionais para diversas análises e matrizes. Foi aprovado com 100% de acerto no exame de proficiência da AIHA (American Industrial Hygiene Association).

Possui o Certificado de Credenciamento concedido pelo Estado do Rio de Janeiro (INEA) e também faz parte da Associação Brasileira das Empresas de Consultoria e Engenharia Ambiental (AESAS). 


Análise de Compostos Inorgânicos

Em Construção


Ensaio de Tratabilidade

Os ensaios de bancada e sistema-piloto se tornaram uma exigência da CETESB em 2017, por meio da DD nº 38/2017 – Decisão da Diretoria – item 4.2.1.5. Estes testes visam avaliar a viabilidade do projeto e estabelecer parâmetros para dimensionamento e operação das técnicas de remediação a serem implementadas em áreas contaminadas.

Podem ser realizados tanto para água como para solo ou até a mistura de ambos.

Estes ensaios são fundamentais para estabelecer o melhor reagente e as melhores condições para sua aplicação em relação a diferentes contaminantes, visando otimizar sua quantidade para a obtenção de resultados mais eficientes em escala (em campo) para a degradação total dos contaminantes.

Podem ser associadas diferentes técnicas analíticas para o acompanhamento da degradação dos contaminantes (VOC, SVOC, TPH, etc.), dependendo das características do site em estudo, resultando numa completa avaliação do sistema, proporcionando estimativas de custos e determinação de potenciais efeitos adversos.

Entre em contato conosco para mais informações.